A Quadrangular...

Visão da Quadrangular

DENOMINAÇÃO

Quadrangular é um termo bíblico usado para o Tabernáculo, no livro de Êxodo; para o Templo do Senhor, em Ezequiel 40:47; e para o Céu, no livro de Apocalipse. O termo "Evangelho Quadrangular" foi dado à fundadora Aimée Semple McPherson em inspiração pelo avivamento, durante uma campanha evangelística em Oakland, Califórnia, no ano de 1922. "Evangelho Quadrangular" representa aquilo que é igualmente equilibrado por todos os lados, estabelecido e resistente. Tal confiança no poder do evangelho é expressa em Hebreus 13:8, o que é apresentado nas igrejas quadrangulares como "Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e será eternamente".

O termo ainda representa os 4 pilares do ministério de Jesus na Terra:

O Salvador

"Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele; e pelas Suas pisaduras, fomos sarados." Isaías 53:5 (Tito 2:14; Isaías 55:7; 1:18; Hebreus 7:25).

O Médico dos médicos

"... Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e levou as nossas doenças." Mateus 8:17 (Marcos 16:17,18; Mateus 9:5,6; Atos 4:29,30).

O Batizador com o Espírito Santo

"Porque, na verdade, João batizou com água, mas vós sereis batizados com o Espírito Santo, não muito depois destes dias... Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra." Atos 1:5,8 (João 14:16,17; Atos 2:4; 8:17; 10:44-46; 1 Cor 3:16).

O Rei que há de vir

"Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro... Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor." 1 Tessalonicenses 4:16,17 (Tito 2:12,13; Mateus 24:36-44, Hebreus 9:28; Lucas 19:13; 12:35-37).

VISÃO
A visão da Igreja do Evangelho Quadrangular é apresentar Jesus Cristo, o filho de Deus, como o Salvador, o Batizador com o Espírito Santo, o Médico dos médicos e o Rei que há de vir. Desde a fundação da igreja, em 1923, essa visão foi praticada por meio da evangelização e do estabelecimento de assembléias locais nos EUA e no exterior. Por conta disso, deu-se início a consolidação e a formação de líderes em todos os níveis da vida cristã, em colaboração com outros membros do corpo de Cristo para aprendizagem e conhecimento bíblico, a fim de que seja vivido o mandamento bíblico de sermos "sal" da Terra e "luz" do mundo.

SIMBOLOGIA - Quatro Cores

Vermelha
Tipifica o sangue de Cristo que foi derramado na cruz, a fim de nos dar a Salvação.

Amarela
Tipifica o batismo com o Espírito Santo.

Azul
Tipifica a cura divina.

Roxa
Tipifica a volta de Jesus como Rei.


QUATRO SÍMBOLOS                                                                                                                                        Cruz

Simboliza a morte de Cristo em sacrifício pela nossa salvação                                                                   Cálice

Simboliza a cura divina                                                                                                                                     Pomba

Simboliza o batismo com o Espírito Santo                                                                                                      Coroa

Simboliza a volta de Cristo para reinar eternamente

QUATRO EVANGELHOS DO NOVO TESTAMENTO                                                                                      Lucas

Este livro foi escrito para os gregos, povo cujo ideal era alcançar a perfeição humana. Por isso, Lucas apresenta Jesus como filho de homem, homem perfeito de corpo, alma e espírito, que veio para buscar o que se havia perdido.                                                                                                                       Marcos

Este livro foi escrito para os romanos, povo patriota que se orgulhava do próprio poderio militar e de servir aos seus superiores. Assim, Marcos apresenta Jesus como servo diante de Deus para tomar sobre si as nossas dores.

João

Este livro foi escrito para todos os cristãos e apresenta Jesus como o filho do Deus Altíssimo, como o único que pode batizar com o Espírito Santo                                                                                                  Mateus

Este livro foi escrito para os hebreus, povo que esperava pela promessa de que o Messias viria para reinar eternamente. Por esse motivo, Mateus apresenta Jesus como o Rei que há de vir para buscar a Sua igreja.                                                                     BANDEIRA

História  /  Fundação 

 

Aimee Semple McPherson (1890-1944), uma evangelista conhecida como "Irmã Aimee", concebeu a ideia da Igreja do Evangelho Quadrangular em 1922.[5] Los Angeles foi o centro das operações, sendo o Angelus Temple inaugurado em Echo Park em 1 de janeiro de 1923, reunindo 5.300 pessoas. McPherson foi uma celebridade, participando de eventos públicos, de modo que semanalmente nos domingos parava completamente as ruas de Los Angeles, juntamente com o prefeito e estrelas de cinema, diretamente para o Angelus Temple. Ela construiu o templo, e o L. I. F. E. Bible College na porta ao lado, no canto noroeste das terras que possuía no centro da cidade.
O status de celebridade de McPherson continuou até depois de sua morte, em biografias como a de 1976 Hallmark Hall of Fame, o drama The Disappearance of Aimee e o filme independente de 2006 Aimee Semple McPherson retratando a sua vida, particularmente seu desaparecimento em Maio-Junho de 1926 e a controvérsia jurídica que se seguiu.[6][7]
Após a "Irmã Aimee"[editar ' editar código-fonte]
Após a morte de Aimee Semple McPherson, em 1944, seu filho, Rodolfo K. McPherson tornou-se presidente e líder da igreja, cargo que ocupou durante 37 anos.[8] Sob sua liderança, a denominação passou de cerca de 400 igrejas a mais de 10.000. A Igreja Quadrangular formou a Fraternidade Pentecostal da América do Norte em 1948 em Des Moines, Iowa, em uma aliança com as Assembleia de Deus, a Igreja de Deus (Cleveland), a Open Bible Standard Churches, a Igreja Internacional Pentecostal de Santidade e outros. Em 1994, 46 anos após sua fundação, a Fraternidade Pentecostal foi reorganizada como Igrejas Pentecostais/Carismáticas da América do Norte, depois de combinar com organizações afro-americanas, mais significativamente a Igreja de Deus em Cristo.
Angelus Temple, construído por Aimee Semple McPherson e dedicado em 1° de Janeiro de 1923. O templo está defronte do Echo Park, próximo do centro de Los Angeles, California.
Em 31 de maio de 1988 o Dr. John R. Holland se tornou o terceiro presidente da Igreja, uma posição que ocupou até Julho de 1997.[8]
O Dr. Harold Helms serviu como presidente interino de julho de 1997 até julho de 1998, e foi seguido pelo Dr. Paul C. Risser, que se tornou presidente em 26 de abril de 1993, na 55.ª convenção anual da igreja.[9]
Em outubro de 2005, sob a direção de Risser, a igreja vendeu a estação de rádio de Los Angeles KFSG-FM para o Sistema de Radiodifusão Espanhol por $250 milhões.[10] A liderança de Risser levou a outra controvérsia de alto nível para a igreja quando, sem a participação da mesa de diretores da denominação e do conselho de finanças, os fundos da igreja foram investidos em empresas cujo alvo era a "comunidade evangélica unida", mas acabaram por ser Esquemas de Ponzi.[11] Risser renunciou à sua posição de liderança em março de 2007.
Jack W. Hayford é o presidente da Igreja Internacional do Evangelho Quadrangular desde 1° de outubro de 2004. Hayford é fundador de A Igreja no Caminho em Van Nuys, Califórnia e ministérios Caminho Vivo. Ele, junto com os pastores Roy Hicks, Jr em Eugene, Jerry Cook em Gresham, Ronald D. Mehl da Igreja Quadrangular de Beaverton, em Beaverton, e John Holland em Vancouver, Colúmbia Britânica, foram creditados pela igreja com o estabelecimento de um plano de crescimento da denominação.[12]
A denominação Quadrangular, sob a liderança de Hayford, está em "conversas missionárias" com o movimento emergente, sendo parte de um esforço para a "Multiplicação da Igreja" .[13] "Multiplicação da Igreja" também apoia o movimento de igrejas domésticas através de recursos que sustentam a expansão da "Rede Quadrangular de Igrejas Simples."[14]
Atualmente a Igreja do Evangelho Quadrangular Internacional está presente em mais de 172 países, em todos os continentes.
Doutrina da Igreja[editar ' editar código-fonte]
Á seguir, os principais fundamentos teológicos da Igreja do Evangelho Quadrangular :[15]
  • A Bíblia como palavra inspirada por Deus
  • A Santíssima Trindade
  • A morte expiatória de Cristo pelos pecadores
  • Salvação através da graça de Deus no Senhor Jesus Cristo.
  • A necessidade de sincero arrependimento e aceitação de Cristo
  • O novo nascimento (Santificação)
  • O crescimento diário através do poder, oração, amor e serviço
  • Batismo por imersão depois dos 9 anos
  • Comunhão/ Ceia do Senhor
  • O batismo no Espírito Santo
  • Os dons espirituais e fruto do Espírito Santo
  • Cura divina
  • O retorno iminente de Jesus Cristo
  • Julgamento Final
  • Evangelismo enfatizado no discipulado
  • Dízimo e ofertas
  • Moderação - A moderação dos cristãos deve ser óbvia a outros e que o nosso relacionamento com Jesus nunca deve conduzir pessoas a fanatismos extremos; suas vidas devem ter como modelo a vida de Cristo em retidão, em equilíbrio, em humildade, e em sacrifício próprio.
  • Relação com a Igreja - é um dever sagrado para se identificar com uma congregação de protestantes para adorar a Deus, observar as ordenanças de Cristo, exortar e apoiar os outros, o trabalho para a salvação dos outros e trabalhar juntos para o avanço no Reino do Senhor.
  • Governo Civil - governo civil está pela nomeação divina e as leis civis devem ser respeitadas em todos os momentos, exceto nas coisas contrárias à vontade de Deus.
  • Céu - céu é a habitação da glória do Deus vivo e eterno lar dos crentes nascidos de novo.
  • Inferno - inferno é um lugar de escuridão, a mais profunda tristeza e fogo inextinguível, que não estava preparado para o homem, mas para o diabo e seus anjos, e ele vai se tornar o lugar de separação eterna de Deus para todos os que rejeitam a Cristo como Salvador.
  • A Quadrangular enfatiza um relacionamento de todo o coração com Deus, um meio de falar com Deus através da oração, meditação e jejum, junto com o serviço social por meio de Cristo.
Vale ressaltar que a Igreja do Evangelho Quadrangular não prega usos e costumes, ou seja, seus membros podem se vestir da maneira que lhes convier, de acordo com seu entendimento. Nada é proibido, porque Deus nos deu o livre arbítrio, mas, para que as pessoas não pequem, tudo é ensinado e cada membro toma suas decisões após compreender melhor o assunto. A denominação também prega que devemos cuidar do nosso corpo pois é o templo do Espírito Santo, especial para Deus.
Lema da Igreja[editar ' editar código-fonte]
O lema bíblico da Igreja do Evangelho Quadrangular é texto do versículo de Hebreus 13:8: Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e eternamente.
Quadro atual da igreja pelo mundo[editar ' editar código-fonte]
Estados Unidos[editar ' editar código-fonte]
Nos Estados Unidos a igreja está dividida em distritos e, em seguida, em divisões e, finalmente, igrejas individuais. A Autoridade Geral supervisiona o escritório nacional e supervisores de distrito, e os supervisores distritais supervisionam superintendentes divisionários que supervisionam as igrejas individuais dentro da região local. Glenn C. Burris, Jr., atualmente (2004) serve como Supervisor Geral.
Um certo número de instituições de ensino estão filiados à Igreja Quadrangular. Entre estes estão Life Pacific College, anteriormente "L. I. F. E. Bible College", em San Dimas, Califórnia e o Pacific Life Bible College em Surrey, British Columbia.
Em 2006, o total de membros nos Estados Unidos era de 353.995 pessoas em 1875 igrejas.[16] Embora as suas congregações estejam concentradas ao longo da Costa Oeste, a denominação está bem distribuída pelos Estados Unidos.[17] Os estados com a maior taxa de adesão são: Oregon, Hawaii, Montana, Washington, e Califórnia.[17] A sede, Angelus Temple, está em Los Angeles, Califórnia.
Canadá[editar ' editar código-fonte]
D. Anna Britton, uma graduada da L.I.F.E. Bible College, em Los Angeles, mudou-se para Vancouver, BC em 1927, com sede na L.I.F.E. Bible College do Canadá em 1928 e brotou um pequeno grupo de crentes em uma congregação de cerca de 1000 pessoas, conhecida como Igreja do Evangelho Quadrangular Kingsway. Sua visão a levou para estender o Evangelho Quadrangular às três províncias do oeste do Canadá, sobre o qual ela trabalhou como supervisora por muitos anos. Outros supervisores do Canadá Western District foram, BA McKeown, Clarence Hall, Warren Johnson, Guy Duffield, Charles Baldwin, Harold Wood, Hicks Sr. Roy e John Holland[carece de fontes].
Victor Gardner tornou-se Supervisor do Canadá Western District, em 1974. Eventualmente, a fim de dar cumprimento à legislação canadense, o Canadá Western District necessitou registrar todas as propriedades em nome de uma empresa canadense e que ganhasse controle de todas as finanças também. Victor Gardner liderou o desenvolvimento da Constituição e dos estatutos, o Manual de Administração e supervisionou a transferência de todos os documentos legais para 5 de março de 1981, a Igreja do Evangelho Quadrangular do Canadá (FGCC) passou a existir.[18] Vic e Dorothy Gardner se aposentaram em 1992, passando sobre os deveres pastorais de sua igreja, Igreja Quadrangular Sunshine Hills, ao seu filho Tom Gardner e sua esposa Lottie Gardner.
Tim Peterson foi Presidente da FGCC 1992-2007. Sua esposa, Laurene, também trabalhou no Instituto Nacional de FGCC e juntos supervisionaram a criação de uma estrutura empresarial saudável e desenvolveram equipes nacionais.
Barry Buzza, que implantou a maior Igreja do Evangelho Quadrangular no Canadá, Igreja Northside, uma igreja de três campus no Tri-Cities (Coquitlam, e duas em Port Coquitlam) na área metropolitana de Vancouver na Colúmbia Britânica, foi eleito presidente em 1 de julho de 2007. Sua posse teve lugar no Centro de Convenções FGCC numa quinta-feira, 25 de outubro de 2007 na Pattison Chandos Auditorium, em Surrey, na Colúmbia Britânica.
Nigéria[editar ' editar código-fonte]
A igreja tem uma presença majoritária na Nigéria, iniciando a sua missão em torno de 1950.[19] Ela está presente em Lagos.[19]
Brasil[editar ' editar código-fonte]
História[editar ' editar código-fonte]
Em 2016 a IEQ Brasil ganha novo Logotipo, padrão que agora utilizado por todo o país.
Fundada em São João da Boa Vista, SP, a 15 de novembro de 1951, pelo missionário da Foursquare Church Gospel, Pastor Harold Edwin Williams, auxiliado pelo Pastor Jesus Hermirio Vasquez Ramos. O primeiro natural de Los Angeles, E.U.A., e o segundo natural do Peru[20]
A obra começou numa casa na cidade de Poços de Caldas, MG, junto com uma escola de inglês, indo depois para São João da Boa Vista, onde foi construído pelos fundadores um pequeno templo.[20]
Em 1952 vieram para a capital de São Paulo realizar campanhas evangelísticas a convite de um pastor da Igreja Presbiteriana do Cambuci e pouco tempo depois foram para uma tenda de lona no mesmo bairro. De lá foram para o bairro da Água Branca e então para o salão da Rua Brigadeiro Galvão.[20]
A tenda passou então a viajar pelo Estado de São Paulo como a tenda número um, enquanto nos salões da rua Brigadeiro Galvão as senhoras da igreja começaram a ajudar um irmão que havia trabalhado muito tempo com um circo e que as ensinou a costurar tendas.[20]
As tendas compradas ou fabricadas na própria igreja saíram peregrinando por lugares como Casa Verde, Americana, Limeira, Vitória, Curitiba e vários outros. Numa onda contagiante, o movimento crescia e cada tenda dava origem a um novo núcleo que se constituía em uma nova igreja.[20]
Na década de 1960, já sob a liderança do Pastor George Russell Faulkner, estabeleceu-se a meta de levar a mensagem a cada capital de Estado, sendo depois espalhada nos outros municípios. As tendas passavam e deixavam uma nova comunidade formada. Os finais das décadas de setenta e oitenta foram marcados pelo evangelismo dinâmico e pela construção de grandes e belos templos.[20]
Em 1997, a igreja contava com 5.530 templos e obras novas (que estão funcionando em 2.026 templos, 1.778 salões e 1.726 tabernáculos de madeira), além de 4.000 congregações e pontos de pregação, que funcionam sob a responsabilidade das igrejas locais.
Ao todo eram 2.887 ministros, 1.488 aspirantes e 10.648 obreiros credenciados (deste total de 15.023 membros do ministério, 5.951 eram mulheres). Trabalhavam ainda 38.000 diáconos e diaconisas, com um total de aproximadamente 1.600.000 membros.[20]
IEQ hoje
Em mais de 60 anos de sua fundação, a Igreja do Evangelho Quadrangular possui mais de 17 mil templos e obras abertas e estruturadas em todo o País. Mais de 30 mil obreiros estão levando os ensinamentos de Jesus a mais de dois milhões de pessoas em 22 nações.
São 35.159 ministérios ativos em todo o Brasil, 23.331 obreiros credenciados, 3.640 aspirantes e 8.188 Ministros. O Estado com maior número de ministros do evangelho (obreiros, aspirantes e ministros) é São Paulo, com oito mil pastores, seguido por Minas Gerais, com seis mil e Paraná, com 4800. Ao todo, são mais nove mil igrejas cadastradas e cerca de duas mil congregações, totalizando mais 11 mil igrejas em todo o país.
Evangelizando no Brasil há mais de seis décadas, a IEQ tem alcançado, ano após ano, milhares de pessoas, levando-as ao real conhecimento de Jesus Cristo. Sua administração tem proporcionado um crescimento sólido e constante, tornando a Igreja propulsora que, por meio da união do ministério e fortificação dada por Cristo, motiva seus pastores e membros a irem em busca daqueles que necessitam desse conhecimento. A Igreja do Evangelho Quadrangular existe para glorificar a Deus e promover o crescimento do Seu Reino. E é o que tem feito com grande êxito.
Estrutura[editar ' editar código-fonte]
O governo eclesiástico da Igreja do Evangelho Quadrangular é o episcopal, possuindo uma estrutura hierarquizada.
Cada nível é administrado por Conselhos, que são constituídos pelas seguintes funções: presidência, vice-presidência, tesouraria e secretaria.
A escolha dos integrantes dos Conselhos varia, conforme o nível do mesmo:
  • Conselho Diretor Local (em cada igreja): Para definir os membros do Conselho Diretor Local de cada igreja, é realizada anualmente uma assembleia geral com todos os membros, onde são votadas as indicações para a ocupação dos cargos: se o indicado a um cargo administrativo não tiver o posto de Ministro do Evangelho, a igreja vota no modo que for ordenado pelo pastor titular e em quem o mesmo indicou para fazer parte do seu Conselho. Caso o indicado tenha o posto de Ministro do Evangelho, não é uma indicação e sim uma escolha do pastor titular.
  • Conselho Estadual de Diretores (nível estadual)[21]: Os Conselhos Estaduais são dirigidos por Bispos eleitos em Convenções e Assembleias com mandatos temporários, sendo permitidas reeleições[carece de fontes].
  • Conselho Nacional de Diretores (nível nacional)[22][23]. Assim como nos Conselhos Estaduais, os integrantes dos Conselhos Nacionais são definidos através de eleições. Para definir os integrantes do Conselho Nacional são realizadas eleições a cada quatro anos.
Além destes Conselhos, existem também as Regiões Eclesiásticas intra-estaduais (Catedrais), que são administradas por um Superintendente (Bispo), com nomeação vitalícia.
Os membros interessados em se tornar pastores têm que passar necessariamente por duas categorias inferiores: Obreiro Credenciado e Aspirante ao Ministério, para enfim alcançar o nível de Ministro do Evangelho. Os postos e cargos são concedidos pelos Conselhos da Igreja no país, estado, município ou região.
No Conselho Nacional de Diretores são todos denominados Reverendos, sendo um título empregado apenas para Ministros do Evangelho.
Conselho Nacional de Diretores[editar ' editar código-fonte]
Esta lista de Conselheiros é formada com os membros eleitos de 2008 até a atualidade. Em 27 de março de 2012 houve eleição para os cargos de Presidente, 2º Vice Presidente, 2º Secretário e 1º Tesoureiro e os anteriores pastores foram reeleitos, permanecendo em seus respectivos cargos no CND.
Presidência
Rev. Mário de Oliveira - Presidente
Vice-presidência
Rev. Jefferson Alves de Campos - 1º Vice-presidenteRev. Onésimo Rodrigues de Barros - 2º Vice-presidenteRev. Cecílio Mota de Faria Neto - 3º Vice-presidente
Secretaria
Rev. Joaquim Ribeiro Cantagalli - 1º SecretárioRev. Dionízia José Gomes Luvizotto - 2ª SecretáriaRev. Guaracy Batista da Silveira - 3º Secretário
Tesouraria
Rev. Durvalino Brocanelli - 1º TesoureiroRev. Adolfo Bezerra Calif Sarmento - 2º TesoureiroRev. Nelson Agnoletto - 3º Tesoureiro[22][23]
Os diáconos trabalham na organização dos templos, organizando-os e ajudando em todos os cultos, sendo de grande ajuda também no culto de Ceia do Senhor.
A igreja brasileira, através da Secretaria Geral de Missões, SGM , até o ano de 2014 enviou 51 missionários em 20 países, porém até meados de 2015 esse número chega a 57 missionários. A Secretaria Geral de Missões também possui projetos nacionais, como o Projeto Lucas, que funciona com ônibus equipados com clínicas médicas e odontológicas que, com o apoio de voluntários oferecem atendimento gratuito às comunidades por onde passam. O Pprojeto Ribeirinhos também é um exemplo da missão de levar a palavra de Deus às comunidades que vivem nas margens dos rios amazônicos, como também recursos que geram uma qualidade de vida melhor a essas pessoas.<ref/>[24]
Para preparar pessoas para esse ministério, a igreja conta com os Institutos Teológicos Médios e Básicos (com mais de 4.500 alunos e 1.200 professores), CTMQ - Centro de Treinamento Missionário, cursos preparados pela Secretaria Geral de Educação e Cultura, além de vários livros e publicações evangélicas de qualidade preparados pela Editora e Publicadora Quadrangular George Russell Faulkner, situada em São Paulo.[20]
Emblema[editar ' editar código-fonte]
1. A Cruz representa a salvação. 2. A Pomba representa o Espírito Santo.
3. O Cálice representa a cura divina. 4. A Coroa representa a segunda vinda de Jesus Cristo.
1. Jesus Cristo, o Salvador[editar ' editar código-fonte]
  • Enviado por Deus para salvar o mundo (Romanos 3:23)
  • O Rosto do Homem: Jesus Cristo, o Salvador
  • Evangelho: Lucas
  • Jesus é representado como "Filho do homem"
  • Símbolo da salvação: a cruz (Colossenses 1:20)
  • Cor simbólica da bandeira: Escarlate (vermelha)
  • Versículo-chave: Lucas 19:10 - "Porque Ele veio buscar e salvar o que se havia perdido"
  • Dando poder e unção do Espírito Santo (Atos 1:5-8)
  • O rosto de Leão: Jesus Cristo, o Batizador no Espírito Santo
  • Evangelho: João
  • Jesus é representado como "Filho de Deus"
  • Símbolo do batismo no Espírito Santo: a pomba (Mateus 3:16)
  • Cor simbólica da bandeira: Ouro (amarelo)
  • Versículo-chave: «Esse é o que batiza com o Espírito Santo» (João 1:32-33)
  • Tocando os enfermos com poder curador (Mateus 8:17)
  • O rosto de Boi: Jesus Cristo, o Grande Médico
  • Evangelho: Marcos
  • Jesus é representado como "servo"
  • Símbolo da cura divina: o cálice (I Coríntios 10:16)
  • Cor simbólica da bandeira: Azul-claro
  • Versículo-chave: Marcos 10:45 - "Porque o filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir"
  • Vindo como o Rei dos Reis (I Tessalonicenses 4:16-18)
  • O rosto de Águia: Jesus Cristo, o Rei que Voltará
  • Evangelho: Mateus
  • Jesus é representado como "O Rei"
  • Símbolo da Segunda Vinda: a coroa (Apocalipse 14:14 / 19:12)
  • Cor simbólica da bandeira: Púrpura (roxa)
  • Versículo-chave: Mateus 24:30 - "Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória."

     

1. Jesus Cristo, o Salvador ' 

  • Enviado por Deus para salvar o mundo (Romanos 3:23)
  • O Rosto do Homem: Jesus Cristo, o Salvador
  • Evangelho: Lucas
  • Jesus é representado como "Filho do homem"
  • Símbolo da salvação: a cruz (Colossenses 1:20)
  • Cor simbólica da bandeira: Escarlate (vermelha)
  • Versículo-chave: Lucas 19:10 - "Porque Ele veio buscar e salvar o que se havia perdido"

2. Jesus Cristo, o Batizador no Espírito Santo

  • Dando poder e unção do Espírito Santo (Atos 1:5-8)
  • O rosto de Leão: Jesus Cristo, o Batizador no Espírito Santo
  • Evangelho: João
  • Jesus é representado como "Filho de Deus"
  • Símbolo do batismo no Espírito Santo: a pomba (Mateus 3:16)
  • Cor simbólica da bandeira: Ouro (amarelo)
  • Versículo-chave: «Esse é o que batiza com o Espírito Santo» (João 1:32-33)

3. Jesus Cristo, o Grande Médico[editar ' 

  • Tocando os enfermos com poder curador (Mateus 8:17)
  • O rosto de Boi: Jesus Cristo, o Grande Médico
  • Evangelho: Marcos
  • Jesus é representado como "servo"
  • Símbolo da cura divina: o cálice (I Coríntios 10:16)
  • Cor simbólica da bandeira: Azul-claro
  • Versículo-chave: Marcos 10:45 - "Porque o filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir"

4. Jesus Cristo, o Rei que Voltará[editar ' 

  • Vindo como o Rei dos Reis (I Tessalonicenses 4:16-18)
  • O rosto de Águia: Jesus Cristo, o Rei que Voltará
  • Evangelho: Mateus
  • Jesus é representado como "O Rei"
  • Símbolo da Segunda Vinda: a coroa (Apocalipse 14:14 / 19:12)
  • Cor simbólica da bandeira: Púrpura (roxa)
  • Versículo-chave: Mateus 24:30 - "Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória."